Projeto Caixote de Feira – DIY

sujeiraSempre tive vontade de fazer um projeto usando os verdadeiros caixotes de feira, mas nunca tive coragem, pois imaginava o trabalho que teria, sem contar a sujeira.

Pois bem, a curiosidade e a oportunidade de montar um show room de um amigo me fez arregaçar as mangas e partir para o projeto.

Nada mais nada menos que 28 caixotes. Imagina trabalhar com esta quantidade logo de começo. A tarefa foi árdua, mas o esforço valeu a pena, pois você consegue modular do jeito que você quiser e diga-se de passagem ficou prático, funcional, econômico e uma gracinha!

Tá disposta a fazer? Vamos lá…, que vou te dar o passo a passo e contar as dificuldades de cada etapa.

Compra dos caixotes:

Consegui adquirir no Ceasa à R$ 7,00/cada.

Dica: escolha bem os caixotes, pois tem uns que estão muito usados e as madeiras estão muito lascadas e até mesmo quebradas. Apoie um a um no chão em várias posições para ver se eles estão planos, pois dependendo do que você vai montar eles podem ficar instáveis. Lembre-se que para carregar você deve forrar o banco do seu carro.

Preparação:

Comecei pela limpeza com uma escova de cerdas macias, para poder tirar a sujeira mais grossa.

Separei os que tinham algo incrustrado, tipo casca de laranja, goiaba, …  Com o tempo que deviam estar aderidas tive que fazer um certo esforço para arrancar com uma espátula.

Retirei o excesso de farpas com uma lima, que ficam mais concentradas junto aos locais onde você carrega os caixotes.

Só nesta etapa você já tem uma quantidade boa de sujeira! Então, vá varrendo e aspirando.

Para garantir uma boa aderência da tinta, é necessário lixar, sem contar que aí saem mais umas farpas. Lixar é muito chato, você não vê o resultado de imediato e ainda sai muito pó.

Também precisei de pregos e martelo, pois alguns deles precisam ser repregados e complementados. Ahhh, tem alguns caixotes que tem pregos que precisam ser retirados pois estão ali meio soltos e ligando nada a nada.

Pintura:

Forrei todo o chão com plástico bolha preso à fita crepe e usei uma tinta acrílica sem brilho para exterior, que apliquei com rolo de espuma e pincel, já que nos cantos e emendas é impossível dar o acabamento com o rolo. Pintar é fácil, entretanto, o caixote tem as 3 faces internas e 4 externas desconsiderando o fundo. Lembre-se que dependendo de como você posicionar, terá que esperar secar para poder virar e pintar a outra face.

28 caixotes! parecia que não ia acabar nunca… Mas acabou.

No dia seguinte ainda dei uma segunda demão pontual em alguns que tinham manchas.

Pintei todos de branco, exceto o do lavabo que passei grosseiramente o rolo com uma tinta vermelha, para dar uma impressão de desgastado.

Espero não ter te desanimado, mas iniciar um projeto conhecendo todas as dificuldades e interferências é bem melhor, não é mesmo? Veja o que você vai precisar e divirta-se:

Ferramental – espátula, lima e martelo;

Materiais – pregos, lixas (120), tinta, rolo de espuma, pincel, bandeja para tinta e os caixotes;

Outros – vassoura, aspirador, plástico bolha e fita crepe;

EPI – luvas e máscara;

O mais importante – ser persistente, ter disposição, um objetivo  e um local com uma altura confortável para que você possa trabalhar e não prejudique a sua coluna.

Estas são algumas ideias em que você pode usar os caixotes de feira que foram extraídas do Pinterest. Se você decidir fazer um projeto não deixe de passar por lá para conferir as imagens…

#caixotedefeira

 

 

 

2 comentários em “Projeto Caixote de Feira – DIY

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s