Charme e elegância – Leque

leque2

Alguns objetos que foram muito utilizados e deixaram de ser, tem um charme muito especial.

O leque é um deles…, e eu particularmente acho que são verdadeiras obras de arte. Muitos artistas puderam trabalhar desenhando, pintando, colorindo, esculpindo e ornamentando com ouro, prata, pedras preciosas  e criando com inúmeros materiais (madeira, madrepérola,  marfim, casca de tartaruga, entre outros).

Não se tem um histórico comprovado de como ele apareceu. Alguns autores dizem que foi no Japão entre os séculos VI e VIII, outros mencionam que surgiu quase que ao mesmo tempo com o surgimento do homem, antigo não?! Foi muito utilizado pelas elites europeias entre 1670 e 1930, e tinha como símbolo o luxo e a elegância.

Você sabia que tem até lendas sobre o aparecimento do leque? Tem uma que diz que o Cupido, Deus do Amor, furtou uma asa do Deus do Vento – Zéfiro para refrescar sua amada Psique enquanto ela dormia (ai que romântico, não?).

Mas, por que resolvi fazer um post sobre o leque?

  • Porque acho lindo (adoro a sensação de leveza e beleza);
  • Porque são obras de arte, pelo menos eu considero;
  • Porque a história é bacana (esta lenda é uma gracinha…);
  • Porque é sustentável, não gasta energia!
  • Para chamar atenção nos seus roteiros das próximas viagens.

Nem sempre quando vamos viajar nos “aventuramos” em fazer uma caminhada e conhecer lugares que não estão no roteiro. Então vale a pena “sair da caixa” e andar pelas ruas, entrar em pequenos museus, sentar nas pracinhas de bairros, em um restaurante local, um mercado, ir a uma feira para poder conhecer as culturas locais ou se surpreender com algo belo.

Estas fotos tirei no Museu do Leque (Fan Museum) em Londres, passeio que não estava no programa, mas que vale a pena conhecer. Ele fica instalado em Greenwich em casas que foram construídas em 1721 e devidamente restauradas.

Assim como este, existem outras descobertas que fiz sem querer e tenho certeza que você também já deve ter tido esta experiência. Se ainda não fez, pense nisso na sua próxima viagem. Só um detalhe…, não tinha fila para entrar no museu, ele é bem compacto, então em 40 minutos você consegue dar uma boa olhada em tudo e ainda pode levar para casa um leque é claro, que são vendidos na lojinha!

fachada-museu

#leque #descobertasviagem

https://pt.wikipedia.org/wiki/Leque

https://www.thefanmuseum.org.uk

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s