Nécessaire da Manutenção Doméstica

Muitos posts descrevem o que deve conter em uma nécessaire (batom, rímel, lencinhos, água termal…). Pegando carona neste conceito, resolvi escrever sobre a nécessaire da manutenção doméstica. Um kit ferramental. Um pouco mais pesado, aliás bem pesado, mas de suma importância para se ter em casa.

capa.jpg

Mas, com tanto “Marido de Aluguel”, “Faz Tudo” e mesmo as fitas adesivas de pregar quase tudo, por que temos que ter ferramentas em casa?

Na minha opinião existem vários prós:

  • toda ajuda é bem vinda;
  • não necessariamente precisamos depender de terceiros para atividades simples, seja para fazer, ajudar ou mesmo emprestar as ferramentas;
  • a manutenção contínua de uma casa é fundamental para não termos que fazer uma intervenção mais onerosa;
  • zelo pelo nosso patrimônio;
  • dá para se divertir…(DIY).

Imagina que uma lâmpada da sua casa quebrou e só sobrou a parte metálica, como  trocar sem ter pelo menos um alicate? Na mão? Com um martelo? Pois é. Cada ferramenta tem a sua utilização! Até podemos utilizar uma faca para apertar aquele parafuso, mas além dele estragar a fenda podemos nos ferir.

Mesmo não sabendo utilizá-las de forma exímia, nem sendo especialista na manutenção doméstica, dá para se virar bem, não colocando nada em risco. Mas se você acha que não tem a mínima habilidade e tem vontade de aprender, nas grandes lojas de construção existem cursos gratuitos e até mesmo folders explicando como fazer algumas atividades. Com o passo a passo fica fácil de fazer. Mas cuidado! não vai colocar fogo na casa que a brincadeira pode custar caro. Em serviços mais especializados, não deixe de consultar um especialista.

Ao longo do tempo fui adquirindo com a ajuda do marido,  algumas ferramentas e vou listar em ordem de prioridade em utilização. Tenha em mente que quanto mais ferramentas disponíveis, mais fácil e rápido é realizar qualquer atividade de manutenção. Diga-se de passagem, adoro ir à loja de materiais de construção e passar horas olhando as novidades, vendo para que as ferramentas servem, buscando soluções, e com as mega lojas que dispomos sempre tem novidades!

Mas vamos a “nécessaire”, não deixando de lado os EPI´s (Equipamentos de Proteção Individual) que são indispensáveis. A tabela a seguir foi elaborada considerando a ordem de prioridade em utilização.

 

Equipamento

 

Finalidade e Dicas Foto
Óculos de segurança

 

Protege e serve até para não cair um mosquito no nosso olho.

 

 oculos-de-seguranca
Luva

 

Nada mais justo que proteger nossas mãos.  luvas.jpg
Escada

 

Acessar um local com uma cadeira não é a melhor forma, o ideal é ter uma escada com pelo menos 5 degraus pois ela permite que você chegue até o teto. As de alumínio são bem leves e práticas de carregar e pendurar. Só não esqueça de pensar no lugar onde você vai guardá-la.  escada
Chave de fenda

 

Temos centenas de parafuso dentro de uma casa. Sempre estamos precisando apertar alguma coisa ou mesmo instalar. Pode ser um jogo ou pelo menos 3. Uma pequena, uma média e uma bem grande.  chave de fenda.jpg
Alicate universal

 

Isolado de 7 polegadas. Sendo uma ferramenta multiuso, serve para apertar, segurar, descascar, protegendo e multiplicando a força aplicada pela sua mão.  alicate universal.jpg
Chave Philips

 

Também pode ser um jogo ou no mínimo 2 unidades. Uma pequena e uma média. Como não existe uma padronização, tem parafuso que usa a fenda e outros que necessitam da Philips.  chave de ponta cruzada.jpg
Martelo

 

Existe uma infinidade de martelos, e cada um tem uma utilização. Para reparos domésticos o martelo de carpinteiro, martelo de orelhas ou de unha (existem estas 3 denominações), atende muito bem. Ele tem cabo de madeira e em uma extremidade possui uma fenda que serve para arrancar pregos. O tamanho ideal é o intermediário para pequeno pois é mais versátil do que um gigante que você nem vai conseguir levantar. Não esqueça de ter uns pregos de tamanhos diversos e lembre que existem próprios para madeira e outros para alvenaria.  martelo.jpg
Trena metálica

 

Sempre precisamos medir, e a trena de 5 metros é a ideal, entretanto, a muito estreita acaba dobrando e amassando.  trna metalica.jpg
Estilete

 

Para cortes diversos ter um bom estilete que não seja descartável é um investimento que vale a pena. Se ele não estiver mais cortando dá para substituir as lâminas.  Estilete.jpg
Caixa de ferramenta

 

O armazenamento das ferramentas em um único lugar é muito prático. Sair pegando uma chave em uma gaveta, um martelo no outro armário, os parafusos em um pote, já desanima! A caixa plástica resistente, com bastante espaço e com compartimentos é ideal. Ela tem que ser resistente para não ficar deformada com o peso do ferramental, espaçosa pois as ferramentas não são descartáveis e ao longo do tempo a tendência é só ir aumentando e compartimentada para guardar os pregos, parafusos, buchas e afins.  caixa.jpg
Miudezas Lápis

Borracha

Fita isolante

Fita crepe

Fita veda rosca

Barbante

Óleo de máquina

Cola de madeira

Durepoxi

Grafite para lubrificação

Folha de lixa para metal gramatura 120

Tubo de cola branca

Abraçadeiras plásticas de tamanho médio e pequeno

 

 lapis-e-borracha
Pano/ Estopa

 

É sempre bom ter um pano limpo/estopa disponível junto com as ferramentas. Sempre tem pó, óleo, graxa e outras coisas que sujam muito.  estopa.jpg
Chave de cano/grifo

 

Aquele registro emperrado, aquela torneira que está pingando tem que ser apertada com um grifo. O de 8 polegadas é suficiente. Resolve 95% e não é muito  grande e nem tão caro.  chave grifo.jpg
Chave inglesa

 

É uma ferramenta bastante versátil. Pode substituir um grande conjunto de chaves fixas. Usada para mexer naquelas porcas sextavadas.  A de 6 polegadas é a mais utilizada.  chave inglesa.jpg
Teste de voltagem

 

Para saber se existe corrente e se é 110 ou 220 V. Um teste prévio pode evitar queimar aparelhos, pois nem todos os nossos equipamentos são bivolt. Este teste pode ser substituído por um multímetro que pode além de medir a voltagem, medir resistência e corrente com a desvantagem de você ter que aprender a usá-lo.  teste
Alicate de corte

 

Alicate de corte como o próprio nome diz serve para cortar. O maior uso desta ferramenta é no corte de fios/cabos.  alicate de corte.jpg
Arco de serra e serra

 

Para cortar metal e plástico ela se aplica muito bem. Até dá para quebrar o galho para cortar madeira, e sem dúvida é muito menor que um serrote.  serra
Lima

 

Pequenos desbastes, ou mesmo as farpas são facilmente retiradas com uma lima chata de 6 polegadas que não é muito grande e resolve muito. De um lado bem fininha e do outro lado, um pouco mais grossa. Esta ferramenta normalmente é vendida com o cabo separado.  lima.jpg
Pincel

 

Serve para tirar pó inclusive das ferramentas, da caixa, da superfície de trabalho e pode ser usado para espalhar cola e outros produtos. O tamanho de um pincel multifuncional é o de 1 polegada e meia.  pincel.jpg
Chave Hexagonal/Allen

 

Alguns parafusos utilizam esse tipo de cabeça e sem essa chave, se utilizarmos alicate, o parafuso ficará todo danificado.  chave sextavada.jpg
Alicate de pressão

 

Esse alicate é uma ferramenta bruta. Apesar de poder ser utilizada em diversas aplicações, é mais para ferramenta de último uso. Ela pode colocar tanta pressão que se não tomar cuidado marca, amassa, quebra, ou seja, arrebenta tudo, mas resolve. O tamanho de 10 polegadas é interessante.  alicate-de-pressao
Alicate de bico reto

 

Com o bico fininho, é usado para peças mais delicadas. Vale observar que se utilizado de forma errada, pode estragar a peça e a ferramenta. O de 6 polegadas atende bem.  Alicate de Bico.jpg
Furadeira

 

Uma furadeira é um equipamento que acaba sendo muito utilizado em uma casa, seja para pregar um quadro, espelho, varal, prateleira…

Mas vamos aos detalhes:

A função de impacto é para ser usada quando se fura concreto, pedra ou alvenaria. Não se deve usar essa função para furar outros materiais como aço, madeira, etc. É aconselhável que tenha controle de velocidade de rotação, além de fazer com que as brocas durem mais, possibilita um controle bem melhor do furo e consequentemente o acabamento.

Existem kits de brocas, entretanto, as mais usuais são:

Brocas de vídea para concreto – 6mm, 8mm e 10mm.

Brocas de aço rápido para madeira e metal – 2mm, 4mm, 6mm e 8mm.

Não poderia falar em furadeira, broca e deixar de lado as buchas e parafusos…

Concreto, pedra ou alvenaria:

As buchas mais utilizadas para quadros, são as de 6mm e para os maiores, 8mm.

10mm são mais utilizados em suportes, prateleiras e afins que normalmente são fornecidos junto dos produtos quando são adquiridos.

Para ter um bom kit, algumas buchas e parafusos de 6 e 8 mm com cabeças diversas já resolve.

Madeira:

Neste caso é preciso ter tamanhos diversos de parafusos. Só uma dica:  Marque onde você vai furar, faça um pré-furo com o diâmetro menor que o parafuso para que quando for atarraxá-lo, não rache a madeira e não quebre o parafuso.

Existem parafusos próprios para madeira e para utilização com bucha.

 furadeira.jpg
Extensão

 

Extensão é diferente de régua. A potência de uma furadeira assim como outras ferramentas elétricas pode chegar a 700W então não a ligue junto com outros equipamentos. Uma extensão de 10 metros resolve praticamente todos os problemas. Lembre-se que a tomada nunca está na posição onde você precisa.  extensao.jpg
Talhadeira

 

É uma ferramenta que vai ser usada para bater, amassar e quebrar. É muito melhor do que você ver suas chaves de fenda sendo destruídas. Uma pequena e de cabeça chata já atende as necessidades.  talhadeira
Régua metálica

 

Pequenas medidas devem ser feitas com régua, pois a trena acaba ficando desconfortável. Sendo metálica ela não será danificada pelo estilete e não ficará tão riscada como uma de acrílico. Uma régua de 20 cm é o ideal.  regua-metalica
Pinça metálica

 

Para segurar peças delicadas e tirar aquela pecinha do lugar difícil onde caiu. Maior que pinça de sobrancelhas, metálica e mais barata, podendo ser com a ponta reta ou curva.  pinca.jpg
Aplicador de cola quente

 

Um kit com aplicador e bastões é um investimento que resolve muita coisa. É sempre interessante ter o aplicador que utiliza bastões padrões. Existem alguns que o bastão é fino e a reposição é mais difícil e cara.  pistola de cola quente.jpg
Espátula metálica

 

Considero uma ferramenta multiuso. A de inox com largura entre 60 e 80 mm serve para tudo. Aquele respingo de tinta no seu piso, na sua pia de mármore nova é facilmente retirado com uma espátula, porém com cuidado porque ela pode riscar as superfícies mais moles.  espatula
Ferro de solda

 

Um ferro de 40W é suficiente para a grande maioria dos usos domésticos. Muito utilizado para emendas de fios danificados. Junto com o ferro é necessário ter fio de solda. Um tubinho de 5 metros quase não ocupa espaço e resolve.  ferro de solda.jpg
Nível

 

O nível serve para quem não gosta de deixar coisas tortas. Se você tem um aplicativo no celular não é necessário que você tenha um. Mas se você está sempre com o celular descarregado, só se certifique de ter um que caiba dentro da sua caixa de ferramentas.  nivel.jpg

Lembre-se de consultar um especialista para atividades complexas!

 #ferramentas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s