A versatilidade do cimento

Foi-se o tempo em que o cimento era utilizado somente na Construção Civil.

mariabijoux

Dá para imaginar este material sendo utilizado em elementos decorativos e até mesmo em acessórios?

Pois é, resolvi me aprofundar um pouco mais no tema e depois de “estragar” algumas peças acredito que cheguei no que eu estava buscando.

Iniciei com a escolha dos materiais: o cimento (para quem é da área sabe que existem vários tipos), cimento com adição de aditivos, cimento com pedrisco, cimento branco, argamassa pronta e até graute. Para cada um deste materiais, defini alguns traços (misturas) o que parece simples, mas sem a ajuda de um Laboratório de Materiais teve que ser na tentativa e erro.

Mas o processo estava somente no início…, restavam ainda os tempos ideais, equipamentos, demais materiais e temperatura.

Tempos: para misturar, encher as formas, vibrar, curar, desformar e curar… Queria desformar para conferir se a peça tinha ficado boa, e haja esperar! Ou esperava ou ela fissurava. E a cura? Ficava “conversando” com as peças todas imersas nas bacias de água, afff…quanta ansiedade!

Equipamentos: tudo em escala reduzida, já que as peças não comportam você usar equipamentos de grande porte, seja para misturar, vibrar e furar/lixar/cortar. Aqui tive que usar e abusar da criatividade. Cabe um adendo…, acabei comprando uma mini retífica da Dremel que é show!

Demais materiais:  desmoldante (usar/não usar/qual?) e as formas. A forma comumente utilizada na construção civil é de madeira ou metálica… E em peça pequena? Como fazer uma micro forma de madeira? Dá para fazer sim, e reutilizar, sendo um pouco carpinteira! Mas nestes meus estudos já estou usando diversas formas, até mesmo de embalagens PET que estavam indo para reciclagem.

Temperatura: como mencionei em um outro post, aqui em SP, cada dia você tem uma temperatura, e logicamente que neste período de ensaios e testes, peguei dias com 10 graus e dias com 30 graus. Foi só para aumentar o desafio!

O lado “artista” já estava aflorado, queria fazer centenas de peças que tinha em mente, mas os testes não terminavam nunca. Você consegue imaginar a quantidade de possibilidades a serem testadas?

Mas enfim, quando digo que cheguei no que estava buscando, estou sendo otimista e me convencendo que valeu e está valendo, pois em breve estarei divulgando o primeiro catálogo com as peças que estou produzindo.

Por enquanto fica aí somente uma previa da bijoux. Leve, clássica, básica, clean, e para todas as ocasiões!

#bijoux #cimento

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s